Coloque seu e-mail para receber atualizações, artigos e dicas!

Parto humanizado, cesariana e mídia sensacionalista



Não, eu não ia falar desse assunto, mas a repercussão, proporções e informações chegaram a um patamar impossível de desprezar. 

Essa semana, repercutiu na mídia a reportagem sobre uma professora que, supostamente, estava tentando um parto domiciliar e, após transferência para hospital e uma cesariana, Infelizmente acabou falecendo. 

A reportagem foi baseada em informações intrincadas e inacabadas, já que a família não liberou maiores detalhes sobre o ocorrido.

Exemplo claro de informação errônea: Doula como parteira. Quem conhece o mínimo a respeito de parto humanizado sabe que Doula não realiza nenhum tipo de procedimento médico, sendo impossibilitada de acompanhar o parto como parteira. (aliás, leia AQUI um post bem facinho de entender a função de uma Doula)

Em determinada matéria, ainda sobre o assunto, um renomado jornal, aproveita a oportunidade para gongar o parto domiciliar. Independente se a professora estava ou não tentando o mesmo, vamos aproveitar para esclarecer um pouco sobre o assunto. 


Então vamos aos fatos de estudos científicos atuais:


(Melania Amorim é uma obstetra renomada na humanização e nesse post reúne referências a respeito do parto domiciliar)

Tudo isso é só para dizer: Não acredite em tudo que você lê por aí, procure informações científicas confiáveis e sejam críticos! Por favor!

Proxima
« Anterior
Anterior
Próximo Post »
1 Comentario
avatar

Infelizmente ainda é uma lenda tanto o conhecimento sobre o que vem a ser uma doula quanto as informações corretas a respeito do mesmo assunto.

Balas